Nouse – Notícias Anime, Mangá e TV

As últimas notícias do universo da cultura pop em geral.

Episódio 13 de Shuriken Sentai Ninninger análise
Análises Tokusatsu

Episódio 13 de Shuriken Sentai Ninninger análise

A primeira coisa na agenda é a continuação da conversa sobre o antigo aprendizado de Kyuuemon sob o comando do vovô. Aparentemente, o garoto tinha um grande potencial até que a dúvida e as dúvidas os levaram ao caminho errado. Ah, e ainda não obtivemos respostas sólidas sobre toda essa questão de gênero, já que vovô usa linguagem como “eles” ao longo de sua história. O velho relaciona isso diretamente à situação atual de Kinji, já que o cara está ficando amigo demais dos netos para matá-los. De acordo com o velho, como só pode haver um último ninja, eles devem estar dispostos a fazer o que for preciso sem hesitação. É basicamente a mentalidade de maluco ou cala a boca.

image 44

Enquanto isso. Kyuuemon está ocupado trazendo outro general de volta das profundezas do inferno. Desta vez é Tsugomori Masakage. Ele é o estrategista e um cara meio assustador. Como se ele fosse um inseto com uma máscara parcialmente humana. Segundo ele, o grande mal também está quase pronto para retornar. Temos várias cenas de vilões ao longo deste episódio, levando até o último, onde Tsugomori revela que sabe que Kyuuemon está mentindo sobre originalmente fazer parte do grupo deles, mas ele realmente não se importa, desde que ele prove ser útil.

image 43

Se o episódio anterior de Ninninger fosse um alimento, seria algo parecido com o seu cachorro-quente básico: saboroso, nada farto, com um sabor distinto de ânus de porco. Claro que é agradável, mas nada que você possa relatar depois do fato. A história de hoje é mais parecida com um burrito chipotle no sentido de que está quase perigosamente sobrecarregado de guloseimas. É claro que esse programa não é tão benéfico nutricionalmente, então talvez jogue alguns Twizzlers naquele burrito para fazer a analogia funcionar. Agora chega de comida, temos muito o que discutir.

Quanto à equipe. Eles se envolvem em uma competição ninja planejada pelos vilões. Temos alguns trechos leves de ação e comédia enquanto Starninger tenta matá-los durante diferentes desafios. Eventualmente, tudo muda o foco para Nagi e Kinji e o programa tenta resolver um de seus problemas persistentes. Todo esse tempo, Nagi não teve um papel ou personalidade definidos, mas agora finalmente aprendemos que ele é um cara legal, bom em fazer com que todos trabalhem juntos. Não é o papel mais complicado de desempenhar, mas pelo menos o marca como um cara decente. 

image 42

Também temos a história daquela foto de família que Kinji mantém com ele. Parece que tanto seu pai quanto seu irmão mais velho também eram caçadores de yokai que morreram quando o cowboy era apenas um merdinha. É por isso que ele decidiu ser o melhor caçador do mundo e aprender com o último ninja. Voltando ao assunto de Nagi ser bom em trabalho em equipe. Acaba sendo útil quando metade da equipe é sequestrada e a única maneira de salvá-los é uma corrida de três pernas contra um monstro trapaceiro feito de tênis de corrida. Afinal, isso ainda é sentai.

Enquanto isso. Kyuuemon está ocupado trazendo outro general de volta das profundezas do inferno. Desta vez é Tsugomori Masakage. Ele é o estrategista e um cara meio assustador. Como se ele fosse um inseto com uma máscara parcialmente humana.

image 45

Segundo ele, o grande mal também está quase pronto para retornar. Temos várias cenas de vilões ao longo deste episódio, levando até o último, onde Tsugomori revela que sabe que Kyuuemon está mentindo sobre originalmente fazer parte do grupo deles, mas ele realmente não se importa, desde que ele prove ser útil.

Após as cenas de ação simbólicas, grandes e pequenas, chegamos de volta ao dojo, onde Kinji mantém sua decisão de não ajudar mais tanto a equipe, para não ficar fraco. Então o vovô aparece para revelar que, com um novo vilão à solta, a equipe deve encontrar um aliado ninja voador. Quem encontrar primeiro receberá a shuriken final como prêmio.