Nouse – Notícias Anime, Mangá e TV

As últimas notícias do universo da cultura pop em geral.

O atacante do Arsenal faz uma afirmação salgada depois de ter sido negado um pênalti na derrota por 1 a 0 para o Aston Villa
Futebol

O atacante do Arsenal faz uma afirmação salgada depois de ter sido negado um pênalti na derrota por 1 a 0 para o Aston Villa

O atacante do Arsenal faz uma afirmação salgada depois de ter sido negado um pênalti na derrota por 1 a 0 para o Aston Villa, O atacante do Arsenal, Gabriel Jesus, insistiu que foi tocado dentro da área por Douglas Luiz, do Aston Villa, mas aceitou a decisão do árbitro de não conceder pênalti aos Gunners.

O incidente em questão ocorreu no primeiro tempo, quando Luiz pareceu tropeçar no compatriota Jesus, mas o contato foi considerado insuficiente para a cobrança de pênalti.

A equipe de Mikel Arteta sucumbiu à segunda derrota em sua campanha na Premier League, perdendo por 1 a 0 para o Aston Villa, em Villa Park, na noite de sábado, 9 de dezembro.

Após a vitória, o Aston Villa encontra-se em terceiro lugar na tabela (35), apenas um ponto atrás do Arsenal (36) e dois atrás do líder da liga, Liverpool (37).

Jesus disse (via Premier League Productions) após o jogo:

“Senti um toque, mas não conheço as regras, então provavelmente para eles não há penalidade”.

“Não posso fazer nada, senti alguém me tocar e de qualquer forma a decisão é deles”, acrescentou.

O Arsenal teve outra oportunidade desperdiçada pelo VAR quando foi considerado que Kai Havertz havia segurado a bola antes do empate aos 92 minutos.

“Não sei se o objetivo é o handebol claro. Não sabemos, apenas temos que aceitá-lo e nos concentrar para voltar ao próximo jogo e então talvez possamos tomar decisões melhores”, disse Jesus sobre o assunto.